Betsy e seus balões coloridos

Aventuras e histórinhas em São Paulo (e agora em Londres também!!)

Tem que sambar – Parte 1 maio 8, 2010

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 6:00 pm
Tags: , , , ,

Quando eu decidi vir para Londres, eu sabia que não encontraria um emprego como  jornalista e que teria que esquecer a minha vidinha classe média em São Paulo. Pensei que, com muita sorte, conseguiria trabalhar num pub ou coisa parecida. A verdade é que logo no começo fiquei doente e estava (está) MUITO difícil arrumar trabalho por aqui. Por mais que existam vagas, a concorrência é gigante, muita gente desempregada e cada vez mais pessoas chegando aqui para “estudar”. Além disso, eu comecei  a acreditar que para arrumar trabalho aqui ou tinha que ser muito linda ou falar inglês muito bem. Bom, me f*** né?!

Com tudo isso, fiquei dois meses completamente desempregada quando comecei um serviço de “promoção”, por indicação de uma amiga. O trabalho era de sexta e sábado, das nove da noite a uma da manhã, na rua, numa esquina em Clapham Junction, no frio e chuva, entregando panfletos de uma balada local. O primeiro final de semana eu trabalhei as quatro horas de cada dia. Direitinho. No segundo, as meninas (outras duas brasileiras) já começaram a me chamar para ficar no McDonalds enrolando um pouquinho (feio, eu sei, mas estávamos no inverno, a sensação térmica na época era negativa, você pode imaginar o que é isso? Do Brasil? Não mesmo!). Outras equipes de “promoção” também faziam isso: depois da meia noite, todo mundo se encontrava no McDonalds. A gente já era de casa.

Nos outros finais de semana eu inventei várias estratégias para fazer o tempo passar: comprava uma garrafa de vinho e ficava bebendo, baixei toda a coleção de podcasts de gramática da BBC para ficar estudando enquando entregava panfletos, fiz amizade com um paquistanês que ficava horas conversando comigo (num inglês terrivelmente pior que o meu), entre outras ideias mirabolantes. Assim se passou um mês conseguindo ganhar o dinheiro para pagar, pelo menos, a minha acomodação.

Foi quando a russa voltou a trabalhar. A russa falava de boca cheia que já entregava panfletos há seis meses lá. No último mês ela estava de férias. Meu, que ódio daquela russa. Explico: a fia-da-mãe trabalhava, ô se trabalhava… Enquanto eu ficava lá repetindo to be ou not to be tomando vinho na rua, ela ENTREGAVA os panfletos. No final de uma noite de sábado, ela tinha feito 73 panfletos na portaria e eu, 5… C-I-N-C-O!!!

Depois dessa  noite fiquei com vergonha. E decidi que esse trabalho, nas esquinas londrinas de madrugada, não era para mim. Nunca mais fui para Clapham Junction. Mas a minha vida de panfletagem não tinha acabado. Tem mais…

Anúncios
 

Our first text in English… março 4, 2010

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 2:56 pm
Tags: , ,

… We’ve never forgotten 🙂

All the time I am trying to write something in English. The main problem is I need to think so much to tell anything that it gets me tired and lazed.  Anyway, I will tell you some important things that happened with me in those last days:

–          The worst PMS in all my life – seriously, you couldn´t recognized me… One day I was euphoric with my new life, in another, I wanted kill myself.

–          My roommate arrived!! She is from Barcelona and very cool… We are spending a lot of time at night speaking bad about English guys. It is nice have someone familiar in the same room.

–           The conversation class and general English courses have finished. I loved my two teachers (Paul and Simon). They were kind and helpful all the time. Paul helped me with my CV and It was really, really, really great!! And Simon  showed us where Mick (Jagger) and David (Bowie) lived in the past… It was very exciting.

–          The IELTS preparatory have started. The new teacher is a kind of “ listening machine” . He speaks fast and this is really good for me.  He is very polite and I’ve really liked him.

–          In the next weeks I really need to find a place to live and a job. I am very worried about these two points.

The reason I write in topic is because I don’t know how to use CONNECTOR words yet, ok?! But don’t worry, the things will be better 😀 One day I will be able to write about philosophy and history… One day….

Well, I miss everybody…

Agora imagina eu, que falo mais do que o homem da cobra, tendo que pensar exatamente no que vou falar… Esse está sendo um bom exercício para – “Pensar antes de falar qualquer coisa”.

Assim que arrumar um emprego e lugar pra morar, não necessariamente nesta ordem, eu conto mais, prometo!!