Betsy e seus balões coloridos

Aventuras e histórinhas em São Paulo (e agora em Londres também!!)

Tem que sambar – Parte 1 maio 8, 2010

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 6:00 pm
Tags: , , , ,

Quando eu decidi vir para Londres, eu sabia que não encontraria um emprego como  jornalista e que teria que esquecer a minha vidinha classe média em São Paulo. Pensei que, com muita sorte, conseguiria trabalhar num pub ou coisa parecida. A verdade é que logo no começo fiquei doente e estava (está) MUITO difícil arrumar trabalho por aqui. Por mais que existam vagas, a concorrência é gigante, muita gente desempregada e cada vez mais pessoas chegando aqui para “estudar”. Além disso, eu comecei  a acreditar que para arrumar trabalho aqui ou tinha que ser muito linda ou falar inglês muito bem. Bom, me f*** né?!

Com tudo isso, fiquei dois meses completamente desempregada quando comecei um serviço de “promoção”, por indicação de uma amiga. O trabalho era de sexta e sábado, das nove da noite a uma da manhã, na rua, numa esquina em Clapham Junction, no frio e chuva, entregando panfletos de uma balada local. O primeiro final de semana eu trabalhei as quatro horas de cada dia. Direitinho. No segundo, as meninas (outras duas brasileiras) já começaram a me chamar para ficar no McDonalds enrolando um pouquinho (feio, eu sei, mas estávamos no inverno, a sensação térmica na época era negativa, você pode imaginar o que é isso? Do Brasil? Não mesmo!). Outras equipes de “promoção” também faziam isso: depois da meia noite, todo mundo se encontrava no McDonalds. A gente já era de casa.

Nos outros finais de semana eu inventei várias estratégias para fazer o tempo passar: comprava uma garrafa de vinho e ficava bebendo, baixei toda a coleção de podcasts de gramática da BBC para ficar estudando enquando entregava panfletos, fiz amizade com um paquistanês que ficava horas conversando comigo (num inglês terrivelmente pior que o meu), entre outras ideias mirabolantes. Assim se passou um mês conseguindo ganhar o dinheiro para pagar, pelo menos, a minha acomodação.

Foi quando a russa voltou a trabalhar. A russa falava de boca cheia que já entregava panfletos há seis meses lá. No último mês ela estava de férias. Meu, que ódio daquela russa. Explico: a fia-da-mãe trabalhava, ô se trabalhava… Enquanto eu ficava lá repetindo to be ou not to be tomando vinho na rua, ela ENTREGAVA os panfletos. No final de uma noite de sábado, ela tinha feito 73 panfletos na portaria e eu, 5… C-I-N-C-O!!!

Depois dessa  noite fiquei com vergonha. E decidi que esse trabalho, nas esquinas londrinas de madrugada, não era para mim. Nunca mais fui para Clapham Junction. Mas a minha vida de panfletagem não tinha acabado. Tem mais…

Anúncios
 

Londres – Primeira semana fevereiro 21, 2010

Filed under: Diversão,Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 2:09 pm
Tags: , , , ,

Cheguei.

Antes mesmo de sair de Lisboa, fiquei tão nervosa, que tive dor de barriga e quase perdi o vôo porque estava no toilet…rsrsr Ai ai ai Jacu é f…. Mas deu tudo certo, como eu tenho passaporte italiano, ele só quis saber o porquê de eu ter nascido no Brasil e ter passaporte europeu. Expliquei que era por causa da minha mãe e tudo lindo.

Chegar do Heathrow (aeroporto) até South Kensington (estação de metrô) sozinha , com três malas, foi até que muito tranquilo. Afinal era domingo e o metrô não estava lotado. Em compensação, sair de South Kensington e tentar pegar um táxi foi o CAOS. A minha mala quebrou, enfim… Uma comédia grega.

Estou num alojamento de esquina com a King’s Rd, perto da Sloan Square. Nossa TUDO né?! Mas só vou ficar aqui por um mês, vou precisar procurar algo bem mais barato mês que vem.

A primeira semana aqui foi terrível, como o previsto rsrs Era carnaval no Brasil, não tinha um filha da mãe online para eu poder chorar por estar aqui, sozinha e no frio. Enfim, sai mandando e-mails para todos os amigos dos amigos que moravam aqui 🙂

Nessa, consegui conhecer pessoas bem legais, que foram mega receptíveis e acolhedoras. Sexta à noite eu fui numa festa em Old Street com a Carol, uma jornalista que está aqui há quatro anos e agora está fazendo mestrado em política. A irmã dela trabalha com produção cultural, então, se deixar, tem festa todo dia. Ueeeba! 🙂 Elas foram querídissimas e com certeza quero fazer parte dessa turma.

No sábado fez um dia lindo aqui  e fui encontrar a Naveem, amiga da Ka (CARE). Como semana que vem ela vai para India, dei um jeito de encontrar com ela ontem. Querídissima também. Nós fomos para a feirinha em Portobello, em Notting Hill. Nossa, amei tudo lá. É uma feirinha tipo Benedito Calixto, mas em Londres né?! Rsrsrs Muito estilo e  gente do mundo todo.

As fotinhos estão aqui ó: http://twitpic.com/photos/Pri_Valdes

Depois eu volto para falar mais sobre a escola, o curso e o alojamento 😀

Ah… Fotinho foi Paula R. que mandou, fofa!

 

Cheguei em Lisboa! fevereiro 11, 2010

Filed under: Diversão,Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 9:28 pm
Tags: , , , , ,

Ai, vou falar que cada despedida no Brasil foi emocionante. Estar com os amigos e pessoas queridas, todos desejando ótimas energias, foi algo maravilhoso.  Quando o Rafa, mommys e Zeca me deixaram no aeroporto, deu muita vontade de colocar os três no bolso e trazer comigo hehehe

A viagem foi super tranquila, Dramin é nosso amigo.

Lisboa é uma belezura.  Pelo fato de falarem o mesmo idioma que a gente, dá uma sensação de estar em casa. No entanto, a arquitetura e o friozinho não enganam: sim, estou na Europa! 🙂

Estou hospedada na casa de uma tia que há muitos anos não via, em Almada. Aqui também está minha prima-irmã, que veio fazer mestrado em Jornalismo. Para ir a Lisboa de Almada precisamos pegar uma  balsa que atravessa o Rio Tejo.   Enfim, estou amando!

Amanhã devo encontrar uma grande amiga que também faz mestrado aqui em Jornalismo. Vamos dar uma badaladinha e sábado ir a Cascais, passear de comboio (trem).  Dai eu conto mais novidades 😉

Palavrinhas  curiosas – Português Brasil/Portugal:

Ônibus – autocarro

Menino – puto

Bunda – Cu

Camisinha  – Durex  

De graça – A borla

Banheiro – casa de banho

Telefone celular – telemóvel

Registro – registo

Moto – Mota

Camarão – Gambas

Gente chata – cromos

Ventilador – ventuinha

Bonito – Giro

Injeção – Pica

Então, se você estiver por aqui e ouvir – Vais tomar uma pica no cú  – Não se ofenda, eles só querem deixar a sua vida mais agradável 😛

Ah, as fotinhos estão aqui ó – http://www.twitpic.com/photos/Pri_Valdes

 

Onde, quando, por que? Parte 4 novembro 19, 2009

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 1:47 pm
Tags: , , , , ,

Londres – Inglaterra

Quando a gente pensa em morar em Londres, logo vem à cabeça uma super metrópole, cheia de oportunidades, pessoas modernas, eventos interessantes e por ai vai. Mas quando você começa a colocar na ponta do lápis, a coisa aperta. Como eu disse antes, a diferença entre o valor dos cursos sempre foi pequena, mas a acomodação… Ui! É de doer mesmo. Não é à toa que Londres é a cidade com o custo de vida mais caro do mundo. A conversão de Reais para Libras dói. Dói mesmo. rsrsrs

Ainda assim, resolvi arriscar. Na verdade, foi um pensamento baseado também em questões racionais (não apenas emocionais hehehe). Os pontos analisados:

1 – Inverno – chegar em uma cidade litorânea no inverno, sem turistas, pode ser um pouco deprimente. Ainda mais para uma pessoa como eu, que moro em pleno centro de São Paulo, cheio de pessoas, trânsito, muvuca, pessoas na rua…

2 – Oportunidades – não que isso seja muito verdadeiro, mas por ser uma cidade maior, acredito que Londres ofereça mais oportunidades de trabalho, aprendizado e relações interpessoais do que as outras. Não subestimando as outras cidades. Além disso, o meu inglês ainda não é tão fluente, então as oportunidades em outras cidades poderiam ficar mais escassas nesse caso.

3 – Pessoas – eu sei que brasileiro a gente encontra em todos os lugares. Mas em Londres, sei lá, imagino que vou ter contato também com uma diversidade gigantesca de pessoas. E isso me empolga.

É claro que eu li muito sobre as cidades, conversei com amigos, com pessoas que já estiverem lá ou que ainda estão ou que pretendem ir. E foi assim, que decidi por Londres. Refiz meus cálculos, refiz a minha opção de curso para assim, pode levar mais recursos para garantir, ao menos, os três meses que passarei estudando lá.

 

Mais adiante eu vou falar da escolha do curso, das escolas e de outras informações bacanas que vi por ai.

 

Onde, quando, por que? Parte 2 novembro 6, 2009

Filed under: Diversão,Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 2:43 pm
Tags: , , ,

Malta

Olha o slogan do curso – “Estude Inglês em Malta, uma bela e histórica ilha cercada pelas águas cristalinas do Mar Mediterrâneo”. Hahahaha Luxo né?!

Eu super me imaginei tomando sol, com um drink de abacaxi na beira do mar mediterrâneo, estilo estrela. Mas daí eu acordei né?!  Oooiiii?!

Eu até fiz algumas pesquisas de preços e não era muuuito diferente da Inglaterra. Então fiquei ainda em dúvidas se deveria descartar tão cedo o meu sonho de ser diva no mar mediterrâneo. Deixei a carta na manga.

 Gatinhas

 

Onde, quando, por que? Parte 1 novembro 4, 2009

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 2:15 pm
Tags: , , , , , , ,

Eu estava com muitas dúvidas sobre qual lugar ir. Já sabia que queria aperfeiçoar o inglês, mas não tinha muita idéia de onde.

Como eu tenho passaporte italiano, a Europa me pareceu mais atraente. A princípio, fiquei em dúvidas entre a Irlanda (Dublin), Malta e Inglaterra (Londres e Bournemouth).

Dublin – Irlanda

A Irlanda ainda é um dos roteiros mais procurados pelos brasileiros. Isso porque os valores são mais acessíveis e com visto de estudante você pode trabalhar. Fiquei super tentada. Nessa jornada encontrei um blog muito legal e super conhecido:

http://www.e-dublin.com.br/

Mas olha como esse mundo é uma ervilha. No meu curso de inglês tem uma menina que estudou lá por três meses e ela falou numa aula como quem não quer nada: na Irlanda chove todos os dias. CHOVE TODOS OS DIAS (dor de barriga).

Então, dessa forma, super sutil, eu risquei Dublin dos meus planos…

Gato e água

 

Guardar dinheiro para viajar novembro 3, 2009

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 5:50 pm
Tags: , , , ,

Antes de bater o martelo e decidir passar um tempo fora, resolvi fazer uma reserva econômica, isto é, poder viajar sem acumular mais dívidas. Se você tiver paitrocínio, melhor ainda. Mas no meu caso eu nunca tive, então, precisei guardar dinheiro mesmo.

Várias agências de viagem oferecem financiar o curso, já com parcerias com bancos a preços bem acessíveis. Mas eu realmente não queria fazer mais dívidas. O que me ajudou em outra viagem rápida que fiz para os Estados Unidos foi a poupança programada. Sou uma entusiasta desse investimento. Você programa a data e o valor, e o dinheiro sai automaticamente da sua conta para uma poupança. Para mim, que sou uma consumidora compulsiva, foi ótimo. Pois “esquecia” dessa reserva. O meu banco fazia essa administração sem taxas extras, tente se informar no seu.

Caso você não tenha tempo para guardar dinheiro, outras alternativas seriam o acerto de um trabalho, um FGTS (que não dê para comprar um apê, mas que você também não queira torrar tudo em roupas), um carro ou outro bem que se transforme em dinheiro rápido.

Resumindo: se você tiver tempo para se planejar e guardar dim dim, procure se informar sobre a Poupança Programada. Agora se você quer ir já viajar, sem nenhuma reserva, vai ter que recorrer ao paitrocínio ou a venda de um bem (carro, apê, jóias) ou procurar aquele seu tio-avô rico que não teve filhos…

Gato com dim dim