Betsy e seus balões coloridos

Aventuras e histórinhas em São Paulo (e agora em Londres também!!)

Procura-se emprego agosto 7, 2008

Filed under: Carinhos e cafuné — Priscila Valdes @ 11:50 pm
Tags: , , ,


Eu acho que terminar namoro deve ser que nem ser demitida. Vejo pelas minhas donas. Elas ficam mal, pois estão acostumadas com a rotina do trabalho. Conhecem quais as manhas e têm certeza que vão sentir muita falta de tudo aquilo quando são mandadas embora. Parecem sem chão.  

Nos primeiros dias ficam loucas dentro de casa. Dormem demais, dormem de menos… Comem demais, comem de menos…Depois ficam desesperadas querendo encontrar qualquer bico por ai. Algum subemprego para ocupar o tempo. Mas depois vejo que elas mudam o foco, investem em alguns cursos diferentes, melhoram o currículo e descolam um emprego novo. No começo é aquele negócio: festa estranha, gente esquisita…  Ficam meio ansiosas… Mas a ansiedade não dura muito, logo já estão habituadas e curtindo um monte!

 

É isso ai! Eu aprendi uma lição: ninguém fica desempregada pra sempre . Ainda bem 🙂

 

 

Os cadeadinhos do orkut janeiro 31, 2008

Filed under: Diversão — Priscila Valdes @ 12:07 am
Tags: , ,

Esses dias estava paquerando um gatinho no orkut. Paquera-platônica-virtual é a última- tendência-de-movimentos-orkutianos lá em casa.

Mas quando eu fui ver as fotos dele, cadê?? Cadê??? C-A-D-Ê? Estavam com os benditos dos cadeadinhos, a  última- tendência-de-movimentos-orkutianos no orkut. Ah, vá! Ta na chuva é pra se molhar! Quer anonimato vai pra Guantanamo. Quer paz vai pro Tibet!  Deixo aqui uma unhada de gata feroz (ui!): não aos cadeadinhos do orkut!

 gato_01_pq.jpg

 

We don’t care about the young folks janeiro 19, 2008

Filed under: Vida urbana — Priscila Valdes @ 4:24 pm
Tags: , , ,

If I told you things I did before
Told you how I used to be
Would you go along with someone like me?
If you knew my story word for word
Had all of my history
Would you go along with someone like me?
 

Sexta, dia 18, rua Augusta. Vento fresco no rosto, trânsito e travestis. Emos, punks, adolescentes. Muita bebida. Esquenta na Casabranca. Última vez. Cidra na casa do João, um gato lindo, amigo meu, de penugem clara e olhos bem azuis. Gatos livres na noite paulistana. Chegamos ao Vegas.  Música eletrônica. Saquê, muito saquê. Nada de Wiskas. Ecati.  Fumaça de cigarro, gatos entrelaçados. Cachorro quente na barraca do tio. Banho e Charmed na TV.  Ai que delícia.  Um brinde à liberdade. Cheers!