Betsy e seus balões coloridos

Aventuras e histórinhas em São Paulo (e agora em Londres também!!)

The dog days are over… abril 29, 2011

Filed under: Diversão,Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 4:24 pm

Abril foi um mês complicado para mim. Vocês perceberam que eu até dei uma abandonada aqui no Betsy, e não foi à toa. Ano passado também foi um mês complicado. Mas como “não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe“, abril está no fim!!

E para fechar com chave de ouro, nada como um casamento Real né?! Infelizmente eu não fui lá  pessoalmente ver, mas acompanhei e estou acompanhando toda a euforia britânica em relação ao evento, à realeza…

É claro que há controvérsias. Muita gente é contra os privilégios da família real, muito inglês é contra tudo isso. Mas é bonito ver todas as casinhas com a bandeira inglesa. Parece o Brasil em final de Copa do mundo..rs

Fofo, viu?!

Semana passada passei a Páscoa na companhia de pessoas super especiais… Sabe esses anjos que Deus coloca na nossa vida, só para iluminar o nosso caminho? Então, foi assim. Domingo estava um dia lindo e eu fui para um piquenique no Hyde Park. Delícia!

Agora começa a melhor época na Europa – sol, flores, cores, parques lotados, crianças brincando, pessoas tomando sol. E eu gosto de tudo isso, não tem como não gostar… Depois de um inverno com três meses de frio, noites longas e dias cinzas, finalmente as cores chegaram!

E como diz a música, pelo menos por hoje, pelo menos por agora, the dog days are over! 😉

 

Festa estranha… abril 12, 2011

Filed under: Casa e comida,Diversão,Londres — Priscila Valdes @ 7:24 pm

Gente como a gente!

Abril tem sido o meu mês das bruxas. Parece que não só o meu, mas vários acidentes, fatalidades, brutalidades  vêm acontecendo este mês. Triste. 😦

O meu aluguel aumentou,  o meu quarto foi arrombado, meu cartão do banco e internet banking foram bloqueados e ainda anunciaram mudanças no meu trabalho. Isso tudo nas duas primeiras semanas do mês. MEDO do resto.

Mas como a vida não é só feita de coisas ruins, final de semana passado eu fui num open house na casa da chefa. Confesso que não estava confortável com o convite, mas resolvi encarar uma festa lituana.  Com comidas lituanas e, com pessoas lituanas.  Quando eu expliquei que a minha chefa era lituana, a minha prima logo perguntou – Mas onde fica a Lituânia?

Rapidamente eu expliquei que ficava perto da Letônia, ora bolas!  (num pensamento instintivo, pois sempre fui muito ruim em geografia).

Com a ajuda do meu amigo Wikipédia, eu descobri que o país faz divisa com a Polônia.  Tem cerca de 4 milhões de habitantes e faz frio, muito frio. Por conta disso, eles são todos bem branquinhos, com exceção dos que estavam na festa de sábado.

Eles estavam todos vermelhinhos. Todos. Pensei que talvez fosse o vinho, mas não… Depois fiquei sabendo que era resultado do bronzeamento artificial, afinal, o verão está chegando. E todos querem ficar bronzeados 😀

É um povo bonito. Todas as moças vestiam roupas de festa, maquiagem e saltos altos, mas muito, muito altos. Eu era a única brasileira da festa, no meio de lituanos, eslovacos, poloneses e alguns ingleses.

A comida era um caso à parte, queria ter tirado fotos, mas achei meio indelicado. Tinham vários tipos de Ham, eles gostam MUITO de ham. Fora isso, umas saladas parecidas com a nossa maionese, algumas com feijão branco e bacon, e outras com brócolis. Gostei muito de todas.

Experimentei o pão lituano, que é bem parecido com o pão polonês ( segundo eles, pois eu não tenho ideia quais são as semelhanças ou diferenças), mas eu adorei! MUITO, muito bom mesmo! Gostinho e cor de pão integral,  mas com aquela sustança, sabe?! Nota 10.

Depois da sexta taça de vinho, já estava toda falante no meu inglês tupiniquim, ouvindo histórias incríveis sobre o inverno rigoroso nesses países, sobre os passeios em sleigh à noite, e sobre as aventuras de morar num país com um clima completamente diferente do nosso.

Se eles conseguem encontrar alegria num inverno -30 C, bora parar de reclamar da vida, neam?! 😉

 

Erros e acertos (gastronômicos) 1 abril 2, 2011

Filed under: Casa e comida,Diversão,Vida urbana — Priscila Valdes @ 8:42 pm

Eu sou da opinião de que quem está na chuva é para se molhar. Sendo assim, se eu estou morando ou visitando um lugar, gosto de experimentar coisas diferenças.

Com exceção das carnes, pois tenho várias restrições nas já conhecidas e populares, eu experimento sim. E quase sempre eu me dou mal. rs

A primeira vez foi um chocolate. Eu não entendi muito bem o conteúdo, só sei que ele tinha recheio cor de rosa, tipo o nosso Sensação. O Rafael queria comprar um tradicional, já conhecido, eu o convenci a comprar o outro que era o dobro do preço, mas era com recheio de morango, poxa!

Caí do cavalo – aquela coisa rosa estava mais para flores do que morango, tinha um gosto de perfume estranho e nós detestamos.

Descrição do produto: “The Turkish Delight bar is positioned as a mystical, exotic treat that lets you escape from the everyday. Cadbury chocolate coated turkish delight.”

Dá medo não dá?!

Por outro lado, hoje eu comi um chocolate coreano, que a minha querida amiga Jieun trouxe para mim. Na embalagem tinha um cacto desenhado. Claro, fiquei com medo. Deixei para comer em casa, assim, se a decepção fosse grande, eu poderia jogar fora e tomar muita água. Fiquei com a pulga atrás da orelha com aquele chocolate de cacto. Tem uma descrição simpática aqui!

Adorei! Achei mais leve que o tradicional rs.

Então, fica a dica: nem tudo que  tem recheio cor de rosa é bom  e nem tudo que tem cacto na embalagem é ruim 🙂

Depois eu volto aqui para contar sobre a lentilha verde e  a amarela.  E do suco mais horrível do mundo.