Betsy e seus balões coloridos

Aventuras e histórinhas em São Paulo (e agora em Londres também!!)

Resoluções dezembro 17, 2010

Filed under: Carinhos e cafuné,Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 9:33 pm

Em dezembro eu me permiti sofrer. Sofrer sem culpa. Foi o meu mês do sofrimento: o trabalho estressante,  a adaptação em uma nova casa, a despedida do Rafa, as festas de final de ano sozinha, o céu cinza, o frio e a neve.  Eu estava consciente da minha escolha.

Mas passou. De repente, o pior tinha passado.

Semana que vem trabalharei o dobro e no final dela estarei indo para a casa dos meus primos passar o Natal.  Hoje comprei o presente do meu amigo secreto da firma.  Amigo secreto em inglês é “Secret Santa”, bonito né?!

Na onde da empolgação, que foi mais forte do que a minha tristeza conscientemente estabelecida, eu me matriculei na academia. Amanhã é minha primeira aula de Yoga. Estou ansiosa e com medo. Depois volto aqui para contar como foi.

De repente, a vida aqui também entrou na sua rotina. Graças a nossa impressionante e inquestionável capacidade de adaptação.

2011 não terá uma lista de resoluções, será apenas uma: ser feliz.

E essa resolução começa hoje. 🙂

 

Amigos dezembro 15, 2010

Filed under: Carinhos e cafuné — Priscila Valdes @ 8:08 pm

Recentemente eu fui encontrar uma amiga. Trabalhamos juntas por duas semanas, nos vimos pouquíssimas vezes, mas mesmo assim mantivemos o contato necessário para a amizade continuar “ativa”.

Descobri que ela estava namorando e ele era muito ciumento. Por conta disso, havia se afastado de todos que conhecera aqui em Londres. O resultado foi que no encontro que organizou num barzinho daqui, ninguém foi. Isso me fez pensar sobre o “manter ativa” as amizades. Têm pessoas que fazem isso naturalmente, seja por um email, um hello breve no MSN ou post no FB. Mas existem pessoas que somem mesmo. Nao estou julgando isso como certo ou errado. Considero até normal um exílio às vezes ou também quando entramos num novo relacionamento: queremos dar toda a atenção do mundo para a pessoa amada.

No entanto, eu tenho exemplo de amigas que se casam, têm filhos e continuam ali, visitando as outras, marcando encontrinhos e jantares, mesmo que isso seja esporádico. Eu acho isso tão legal!

É lógico que, de Londres, os meus “encontros” se resumem à esfera virtual. Ainda assim,  se você me perguntar como está fulana ou ciclana, posso dizer – ah, ele saiu do emprego ou ela está na cidade dos pais com a irmã ou voltou a fazer frilas.

Viva à internet e às redes sociais!

Eu acho difícil imaginar a vida sem amigos – posso imaginar sem um marido, sem filhos, sem emprego. Mas sem amigos…Ah, isso não! Amizade é quase como a água que eu bebo – me mantém viva, deixa a pele mais bonita e a saúde perfeita para as adversidades da vida.

 

Um momento cruel… dezembro 13, 2010

Filed under: Vida urbana — Priscila Valdes @ 9:31 pm

Textinho novo nos Cronistas, vai lá!

 

Minha sexta-feira dezembro 8, 2010

Filed under: Londres,Vida urbana — Priscila Valdes @ 8:19 pm

Quando você trabalha aos sábados, às sextas-feiras deixam de ter aquele gostinho de sexta, afinal, no outro dia você tem que acordar cedo do mesmo jeito.  Mas amanhã é o meu day off e sexta também, concluindo assim que hoje é minha sexta-feira. Tá, uma sexta-feira super boring, sem namorado, sem amigos, sem festinha. Mas tudo bem, estou tão excited com a minha sexta-feira que até me empolguei para escrever aqui no blog 😀

O Rafael já foi embora e eu confesso que quase morri com isso (exageradaaaa). Fiquei muito triste mesmo. Mas estou trabalhando muito, inclusive aos domingos, então não tenho tido muito tempo para pensar. Apenas tenho sonhos terríveis que ele está saindo com a ex dele, mas eu sei que tudo isso é o meu subconsciente super legal tentando encher meu saco durante a noite. Ai, gente, preciso trabalhar essa coisa da ex, viu?! Afff

O meu novo quarto é lindo e estou apaixonada por ele. No trabalho tenho tentado me acostumar com os clientes gritando comigo o tempo todo, mas isso merece um post especial. Por enquanto, eu me limito a repetir o mantra – não matarás, não matarás.  😉

Brincadeirinha.

Confesso também que tentei assistir How I met your mother, mas não consegui 😦 Pelo mesmo motivo (não me xinguem) que eu não consigo assistir Friends: tenho um probleminha com comédias.  Na verdade, aquelas risadas me irritam tanto, tanto, que eu desisto de assistir… Eu sei, eu sei… Vou trabalhar isso em mim.

Volto aqui ainda nesta semana para trazer mais novidades, ok?!