Betsy e seus balões coloridos

Aventuras e histórinhas em São Paulo (e agora em Londres também!!)

Brincadeira! maio 28, 2009

Filed under: Carinhos e cafuné,Diversão — Priscila Valdes @ 9:33 pm
Tags: , , ,

“No momento em que você começa a enxergar a vida como uma coisa não-séria, como uma brincadeira, toda a pressão sobre o seu coração desaparece. Todo o medo da morte, da vida, do amor — tudo desaparece. A pessoa começa a se sentir muito leve, ou quase sem peso nenhum. Tão leve ela se torna, que é capaz de voar no céu aberto. A maior contribuição do Zen é oferecer-lhe uma alternativa à postura de homem sério. O homem sério fez o mundo, o homem sério inventou todas as religiões. Ele criou todas as filosofias, todas as culturas, todas as moralidades; tudo o que existe à sua volta é uma criação do homem sério. O Zen excluiu-se do mundo sério. Criou um mundo próprio muito divertido, cheio de risos, no qual até os grandes mestres se comportam como crianças”, Osho.

Que tal fazer da vida uma brincadeira? Pensando nisso, vão aí quatro coisinhas pra fazer até acabar a semana (fazer se quiser, porque aqui ninguém é obrigado a nada hehehe)!

 – Cometer um pecado – Dormir muito até a cara inchar ou comer chocolates e salgadinhos até a barriga doer ou…
 – Esquecer de tudo – Ler um livro despretensioso, assistir a um filme bem legal, cantar alto aquela música que ninguém sabe que você gosta (tipo, Shakira, Wando…)
 – Brincar – Pular amarelinha, pentear o cabelo de uma boneca, jogar volei, pular corda…
 – Ser artista – fazer desenhos com lápis coloridos, dançar música indiana que nem a menininha da novela das oito, arriscar aquela receita de bolo…

Simbora,  que a vida é uma festa!!! 😉

 

Anúncios
 

Você é reclamão? maio 13, 2009

Filed under: Vida urbana — Priscila Valdes @ 7:52 pm
Tags: , ,

Ainda na linha “Só por hoje eu não vou reclamar” achei uma matéria bem legal na Folha Equilíbrio.

Que tal fazer o teste e saber se você foi contaminado pelo bichinho da reclamação?

 

Escolha sim ou não para cada uma das questões abaixo.

1. Quando seus amigos te convidam para ir a uma balada, você quer impor sua opinião em vez de aceitar numa boa a escolha deles?

2. Aquele projeto em que você estava trabalhando sofreu críticas. Você se lamenta durante o dia todo?

3. Você se considera uma pessoa mal-humorada?

4. Você está sempre reclamando do seu trabalho, mas nunca faz nada para mudar?

5. Sua mãe prepara um almoço sofisticado no domingo, mas você não gosta de um dos itens do cardápio. Você reclama?

6. Você diz sempre que não tem namorado, mas acha que ninguém está dentro dos seus padrões de excelência?

7. Sua roupas começaram a ficar apertadas. Você diz que está gordo 15 vezes ao dia, mas sempre tem preguiça de começar um regime?

8. Se você vai a um restaurante, reclama se o lugar está muito lotado ou se está muito vazio?

9. Você acha estranho quando não se lamenta de nada e pensa que deve haver algo errado?

10. As pessoas dizem que você é reclamão?

 

Se você marcou sim em cinco ou mais questões, está na hora de rever o seu comportamento. O reclamão sofre por se lamentar demais e ainda afasta todos à sua volta.

Leia a matéria na íntegra, vale a pena!

 

Só por hoje eu não vou reclamar… maio 11, 2009

Filed under: Carinhos e cafuné — Priscila Valdes @ 9:51 pm

No último sábado, dia 9, foi comemorado a Lua de Wesak – um dia de celebração para o Budismo.
Eu, que sempre curto um agito, acabei indo assistir ao show do Chandra com as gatas da Care. Foi tudo muito gostoso.  Eu acho que vale sim acreditar no poder do pensamento positivo. Sozinho ou em turma, é bacana pensar em algo maior e potencializar os seus desejos. Por isso é importante tomar cuidado com o que deseja!

Enfim, saí de lá numa energia tão boa e com um compromisso comigo: só por hoje eu não vou reclamar. Eu sei que no dia a dia é difícil. Mas eu vou tentar, tipo AA, sabe?!

Depois eu conto como me saí! 😉

 

Ah, e quem quiser dar uma conferida no que é a Lua de Wesak, clique aqui!